NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Proposta de intervenção: prevenção das complicações da hipertensão arterial, na área de abrangência da equipe "Eusebio José de Martins", do programa de Saúde da Família do município Vazante - Minas Gerais
Tipo:
Trabalho de Conclusão de Curso
Referência:
Outro(s) Autor(es):
Descritor(es):
Informações Pedagógicas:
(Curso de Especialização Gestão do Cuidado em Saúde da Família)
Resumo:
Vazante é um município brasileiro do estado de Minas Gerais que ocupa uma área de 1.913.396 km e está situado há 260 km de Uberlândia, a maior cidade nos arredores, e distante 520 km da capital do estado, Belo Horizonte. A proposta de intervenção teve início com o diagnóstico situacional, momento em que foi identificada a alta incidência e prevalência de casos de hipertensão arterial na região, que não tinham acompanhamento adequado, demonstrando a necessidade de orientações específicas como: controle da alimentação e adequada adesão ao tratamento dos casos diagnosticados. A hipertensão arterial é uma doença crônica que, se não tratada adequadamente, pode levar o indivíduo ao óbito. Muitas das vezes o portador de hipertensão arterial desconhece o agravante da doença, bem como a manifestação dos sintomas, fazendo-se necessária a orientação em relação ao seu tratamento específico. Este trabalho tem como objetivo elaborar uma proposta de intervenção acerca da Hipertensão Arterial Sistêmica, sua prevenção e controle do tratamento para evitar as complicações aos pacientes da área de abrangência da ESF "Eusébio José de Martins", no município de Vazante-MG. Trata-se de uma proposta de intervenção e para desenvolvê-la levou-se em consideração as três etapas do trabalho: a realização do diagnóstico situacional, a revisão da literatura e a proposta de intervenção propriamente dita. Os resultados do estudo estão voltados para as intervenções que garantem a melhoria no atendimento aos pacientes portadores de Hipertensão Arterial e, consequentemente, conscientizá-los sobre mudanças de atitudes que irão influenciar na melhoria da qualidade de vida dos usuários assistidos na Unidade Básica de Saúde. Assim, conclui-se que para isso deve-se orientar a equipe de trabalho para que todos possam desenvolver as atividades com qualidade e procurar conscientiza-los quanto à alimentação, controle de peso, prática de atividades físicas como formas de prevenção
Informações Adicionais:
CEGCSF