NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Plano de intervenção para controle da sífilis pela equipe de Saúde da Família Escola na População de Passos, Minas Gerais
Tipo:
Trabalho de Conclusão de Curso
Referência:
Outro(s) Autor(es):
Descritor(es):
Informações Pedagógicas:
(Curso de Especialização Gestão do Cuidado em Saúde da Família)
Resumo:
A cidade de Passos localiza-se na região sudoeste de Minas Gerais, a 335 Km da capital, Belo Horizonte. Possui uma área de 1.338,07km e uma população de 114.458 habitantes. Após diagnóstico situacional da equipe de saúde da família Escola ficou definido como problema prioritário a dificuldade de diagnóstico e tratamento da sífilis na população de Passos. A sífilis é uma infecção de caráter sistêmico, causada pelo Treponema pallidum, exclusiva do ser humano, e que, quando não tratada precocemente, pode evoluir para uma enfermidade crônica com sequelas irreversíveis em longo prazo. O presente estudo teve como objetivo elaborar um plano de intervenção para controle da sífilis pela ESF Escola. Para tal, fez-se pesquisa bibliográfica na Scientific Electronic Library Online (SciELO), bem como nos cadernos e manuais do Ministério da Saúde sobre a temática, com recorte temporal dos últimos dez anos. O plano se baseou no Planejamento Estratégico Situacional. Foi possível observar o trabalho da equipe e suas potencialidades para o controle da sífilis no âmbito da ESF como um dos pontos chave para a efetivação das ações do plano proposto. A implementação de tal plano contribuirá para o diagnóstico e manejo adequado da sífilis na ESF, diminuindo, assim, a incidência da infecção e reinfecção, bem como das complicações perinatais e neonatais, aumentando a qualidade de vida materna e do neonato. Além disso, com o aumento da adesão aos testes rápidos será possível o diagnóstico precoce de outras infecções, como o HIV e as hepatites B e C
Informações Adicionais:
CEGCSF