NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Diagnósticos de enfermagem de pacientes internadas em unidade médico-cirúrgica
Tipo:
Artigo
Referência:
VOLPATO, Marcia Paschoalina; CRUZ, Diná de Almeida Lopes Monteiro da . Diagnósticos de enfermagem de pacientes internadas em unidade médico-cirúrgica. ACTA PAULISTA DE ENFERMAGEM. São Paulo, v. 20, n. 2, p.119-124, 2007.
Descritor(es):
Resumo:
OBJETIVO: Identificar os diagnósticos de enfermagem e os Padrões Funcionais de Saúde (PFS) alterados em pacientes hospitalizadas. MÉTODO: Roteiro segundo os PFS foi usado para realizar entrevistas, exames físicos e consultas aos prontuários de 60 pacientes (mulheres=100%; idade média = 49,719,0 anos) de unidade de internação. Os diagnósticos foram estabelecidos por consenso entre quatro pesquisadores sobre diagnósticos de enfermagem e com experiência em enfermagem médico-cirúrgica. RESULTADOS: Identificaram-se 337 diagnósticos em 48 categorias diferentes. Os diagnósticos mais freq¨entes foram: risco de infecção (58,3%), dor (50,0%), constipação (41,6%) e intolerância à atividade (35,0%). Os PFS mais representados foram: atividade-exercício (19,9%); nutricional-metabólico (19,6%) e percepção e controle da saúde (18,7%). CONCLUSÃO: O cuidado do paciente internado em clínica médico-cirúrgica exige ampla gama de conhecimentos e habilidades da enfermeira.