NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Atuação do médico do Programa Saúde da Família, em relação aos resultados de exames citopatológicos de colo de útero
Tipo:
Trabalho de Conclusão de Curso
Referência:
Outro(s) Autor(es):
Descritor(es):
Informações Pedagógicas:
(Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família)
Resumo:
O exame citopatológico Papanicolau é um dos métodos para identificação deste tipo de câncer, que consiste na análise do esfregaço de células do útero. Por ser um exame de fácil acesso, e diagnóstico precoce, sua alta relevância na Estratégia Saúde da Família, sendo a equipe responsável por seu controle de metas e seu alcance, onde o manejo clínico das alterações deve ser realizado por esta, bem como o médico um dos responsáveis pela atenção e cuidados com este manejo. O objetivo deste trabalho é identificar a situação epidemiológica das alterações de exame citopatológico em relação às DSTs e alterações de colo de útero ocorridas na UBS José Passos no município de Formiga - MG. O estudo realizado consistiu em uma pesquisa do tipo transversal e de revisão de literatura do tipo narrativa, com componentes descritivos e analíticos, usando uma abordagem qualitativa e tendo como marco referencial a integralidade do cuidado. Obteve-se como fonte de informações os dados pré-existentes no Sistema de Informação da Atenção Básica(SIAB) da Unidade de Saúde da Família José Passos I e II, a relação total do número de mulheres cadastradas por esta unidade, bem como o livro de registro de coleta de material citopátológico colhidos na unidade em questão, que contém dados dos resultados do exame papanicolaou de prevenção da neoplasia do colo uterino pelo Programa Nacional de Combate ao Câncer de Colo de Útero, na ESF José Passos em Formiga - MG pertencente ao SUS, no período de janeiro de 2007 a dezembro de 2009. Como resultado observou-se que 1150 (93%) dos resultados com amostra negativa para rastreamento de citologia oncótica, em 79 (6,4%) dos resultados com células reativas ou reparativas, Os resultados que apresentaram alterações relativas à neoplasia foram encontrados em 6 (0,48%) do total de exames efetuados. Consideramos que o exame papanicolaou se mostrou bastante efetivo no rastreamento de lesões precursoras, desde quando obedecendo a critérios de avaliação e manejo adequados.
Informações Adicionais:
CEABSF - UFMG