NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Atividades educativas para o controle da hipertensão arterial do bairro Caladão, Coronel Fariciano - Minas Gerais
Tipo:
Trabalho de Conclusão de Curso
Referência:
Outro(s) Autor(es):
Descritor(es):
Resumo:
O município de Coronel Fabriciano possui 109.363 habitantes em um raio de 221.252 Km e localiza-se na região do vale do aço no estado de Minas Gerais. A rede de saúde do município é composta por 13 Unidades de Atenção Primária à Saúde e 16 equipes de Estratégia de Saúde da Família. A refêrencia para a média e alta complexidade são os municipios de Belo Horizonte e Ipatinga, Governador Valadares, Tarumirim, Bom Jesus do Galho, Muriaé e Sabinopolis. No bairro Caladão foi implantada no ano de 2012 a Unidade de Saúde da Familia (USF) pela administração vigente. A área de abrangência apresenta 842 famílias cadastradas em sua totalidade. As morbidades encontradas na UBS em estudo foram Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) complicada, Diabetes Mellitus (DM), pneumonia, Acidente Vasculare Encefálico (AVE) e dor precordial. Destaca-se ainda os principais problemas identificados na área de abrangência, descritos como nós críticos. Portanto pretende se elaborar um Projeto de Intervenção para a implantação de ações educativas para o controle da Hipertensão Arterial Sistêmica dos hipertensos usuários da UBS do bairro Caladão em Coronel Fabriciano - Minas Gerais. Utilizou-se o método de planejamento estratégico situacional, fazendo uma análise situacional e descrevendo a HAS como doença crônica não transmissível, Para ordenar os problemas, foi adotado como método a matriz de priorização, também utilizada para fazer análise das situações de saúde, alcançado o consenso da prioridade dos problemas. A Hipertensão Arterial é uma doença crônica que constitui um problema de saúde na Unidade de Saúde do bairro Caladão, considerando de vital importância executar o plano de ações para diminuir o alto índice deste problema de saúde na comunidade em questão
Informações Adicionais:
CEESF - UFTM