NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Anemia e renda per capita familiar de crianças frequentadoras da creche do Centro Educacional Unificado Cidade Dutra, no município de São Paulo
Tipo:
Artigo
Referência:
SOUTO, Teresinha Stumpf et al. Anemia e renda per capita familiar de crianças frequentadoras da creche do Centro Educacional Unificado Cidade Dutra, no município de São Paulo. REVISTA PAULISTA DE PEDIATRIA. São Paulo, v. 25, n. 2, p.161-166, 2007.
Outro(s) Autor(es):
Descritor(es):
Resumo:
Objetivo: Avaliar a freq¨ência de anemia de acordo com a renda familiar per capita de crianças matriculadas no Centro de Educação Infantil (CEI) do Centro Educacional Unificado (CEU) Cidade Dutra, no Município de São Paulo, São Paulo, em 2004. Métodos: Estudo transversal, com 190 crianças de 11 a 75 meses de idade distribuídas em duas faixas de renda familiar per capita (1 e = 1 salário mínimo). foram consideradas anêmicas as crianças com taxa de hemoglobina 11g/dL, medida em amostra de sangue capilar digital por meio de fotômetro portátil Hemocue. Na análise dos resultados foram empregados o teste do qui-quadrado e a análise de variância de Kruskal-Wallis. Resultados: A anemia foi observada em 31,6% das crianças investigadas, sendo a sua freq¨ência significantemente maior nas crianças de menor faixa etária. A freq¨encia de anemia foi de 72,7%, 41,2%, 19,7% e 15,4%, respectivamente nas crianças de 11 a 23 meses, 24 a 35 meses, 36 a 47 meses e 48 a 57 meses. Entre as crianças de famílias com renda inferior a um salário mínimo, a freq¨ência de anemia foi de 36,7%, e naquelas com um ou mais salário mínimo, a prevalência foi de 22,9%. Conclusões: Na creche do CEU Cidade Dutra, a freq¨ência de anemia foi maior nas crianças de 11 a 23 meses e nas famílias com renda per capita inferior a um salário mínimo.