NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON

Adesão das mulheres ao exame de prevenção do câncer de colo uterino: uma revisão integrativa
Tipo:
Trabalho de Conclusão de Curso
Referência:
Outro(s) Autor(es):
Descritor(es):
Informações Pedagógicas:
(Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família)
Resumo:
O câncer de colo uterino constitui um grave problema de saúde pública. Contudo a doença possui um alto potencial de cura e prevenção, sendo que a detecção precoce é o melhor caminho para a redução do adoecimento e morte. Mesmo com as campanhas existentes ainda é baixa cobertura de mulheres que realizam o exame de prevenção, Papanicolau. Neste sentido o presente estudo objetivou realizar revisão integrativa da literatura nacional referente à adesão das mulheres ao citopatológico cérvico uterino e propor estratégias capazes de aumentar a captação destas para a realização do exame. Trata-se de uma revisão integrativa com busca nas seguintes bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Banco de Dados de Enfermagem (BDENF). A amostra desse estudo constituiu-se de 23 artigos. Concluiu-se que muitas são as barreiras na realização do Papanicolau, tais como, medo, desconforto, desinformação a cerca do exame e da doença. Entretanto algumas estratégias podem ser realizadas na tentativa de melhorar adesão ao exame, como por exemplo, reorganizar os serviços de saúde para melhor atender as mulheres, prestar atendimento humanizado e individualizado e ainda oferecer informação de qualidade acerca do câncer de colo uterino e sua prevenção. Para tanto, a Estratégia de Saúde da Família por suas particularidades, é responsável e deve contribuir na elaboração de um plano de ação eficiente frente ao problema da não adesão ao exame Papanicolau.