NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON
Pesquisa
Ajuda
Para a utilização básica da pesquisa simples, siga as seguintes recomendações:
  • Utilize termos bem definidos (evite palavras comuns como "e", "de", etc.)
  • A acentuação não importa
  • Utilize "*" (asterisco) entre os termos
  • Exemplos
Pesquisa por:
Resultados da pesquisa por "Politica de Saude"
126 registro(s) recuperado(s)
SANTOS, Livia Lima Nogueira dos et al. A res significação da cidadania na construção do estado e da sociedade brasileira. REVISTA BAIANA DE SAÚDE PÚBLICA. , v. 31, n. 2, p.313-323,
ACURCIO, Francisco de Assis . Evolução histórica das políticas de saúde no Brasil. , Disponivel em: http://www.farmacia.ufmg.br/cespmed/text1.htm
Marco teórico-político - [Capitulo de Livro]
BRASIL. Ministério da Saúde . Marco teórico-político. In:_____________. A política do Ministério da Saúde para a atenção integral de usuários de álcool e outras drogras. : Ministério da Saúde, v. 2. ed. rev. ampl., p.09-11, 2004.
PINTA, Jose Augusto; CASTRO, Hermano A.; ANDREAZZI, Maria de Fatima A. . Sindicalismo, SUS e planos de saúde. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 11, n. 3, p.837-846, 2006.
OSIS, Maria Jose Martins Duarte . Paism: um marco na abordagem da saúde reprodutiva no Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 14, n. 1 (Supl.), p.s25-s32, 1998.
MORI, Maria Elizabeth; COELHO, Vera Lucia Decnop; ESTRELLA, Renata da Costa Netto . Sistema Único de Saúde e políticas públicas: atendimento psicológico a mulher na menopausa no Distrito Federal, Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 22, n. 9, p.1825-1833, set. 2006.
SILVA JUNIOR, Aluisio Gomes da . Modelos tecnoassistenciais em saúde: o debate no campo da saúde coletiva. São Paulo: HUCITEC, 1997. 143p.
BARROS, M. E. D. . Política de saúde: a complexa tarefa de enxergar a mudança onde tudo parece permanência. In: CANESQUI, Ana Maria. CIÊNCIAS SOCIAIS E SAÚDE. São Paulo: Hucitec/ABRASCO, p.113-133, 1997.
BRASIL. Ministério da Saúde . Conselho de saúde: guia de referências para a sua criação e organização. Brasília: Ministério da Saúde, 1994. 55p.
CORTES, Soraya M. Vargas . As origens da idéia de participação na área de saúde. SAÚDE EM DEBATE. , v. 51, p.30-37, jun. 1996.
Reforma sanitária: em busca de uma teoria. Rio de Janeiro: Cortez/ABRASCO, 1989. 232p.
GIACOMINI, Carlos Homero . A sociedade civil e a garantia do processo de reforma sanitária. SAÚDE EM DEBATE. , v. 33, p.64-68, dez. 1991.
SANTOS, Lenir dos; CARVALHO, Guido Ivan de . Das formas de controle social sobre as ações e os serviços de saúde. SAÚDE EM DEBATE. , v. 34, p.60-66, mar. 1992.
Descentralizaçaõ e governança no setor saúde em Belo Horizonte. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, n. 114p., 1998.
COSTA, Ana Maria . Desenvolvimento e implantação do PAISM no Brasil. In: GIFFIN, Karen; COSTA, Sarah Hawker (orgs.). Questões da saúde reprodutiva. Rio de Janeiro: Fiocruz, p.319-335, 1999.
SARACENO, Benedetto; ASIOLI, Fabrizio; TOGNONI, Gianni . Manual de saúde mental. São Paulo: Hucitec, 1994. 83p.
Avaliação em saúde: dos modelos conceituais a prática na análise da implantação de programas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1997. 131p.
MARQUES, Maria Cristina da Costa . Saúde e poder: a emergência política da Aids/HIV no Brasil. HISTÓRIA, CIÊNCIAS, SAÚDE - MANGUINHOS. Manguinhos, v. 9, n. Supl., p.41-65, 2002.
STOTZ, Eduardo Navarro; ARAUJO, Jose Welligton Gomes . Promoção da saúde e cultura política: a reconstrução do consenso. SAÚDE E SOCIEDADE. São Paulo, v. 13, n. 2, p.5-19, mai./ago. 2004.
TEIXEIRA, Carmen Fontes . Formulação e implementação de políticas públicas saudáveis: desafios para o planejamento e gestão das ações de promoção da saúde nas cidades. SAÚDE E SOCIEDADE. São Paulo, v. 13, n. 1, p.37-46, jan./abr. 2004.
CHAVES, Sônia Cristina Lima; VIEIRA-DA-SILVA, Lígia Maria . Atenção à saúde bucal e a descentralização da saúde no Brasil: estudo de dois casos exemplares no Estado da Bahia. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 23, n. 5, p.1119-1131, mai. 2007.
PIRES, Maria Raquel Gomes Maia . Politicidade do cuidado e avaliação em saúde: instrumentalizando o resgate da autonomia de sujeitos no âmbito de programas e políticas de saúde. REVISTA BRASILEIRA DE SAÚDE MATERNO INFANTIL. Recife, v. 5, n. Supl. 01, p.571-581, dez. 2005.
ANDREAZZI, Maria de Fatima Siliansky de; OCKE-REIS, Carlos Octavio . Renúncia de arrecadação fiscal: subsídios para discussão e formulação de um política pública. PHYSIS: REVISTA DE SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p.521-544, 2007.
HUBNER, Luiz Carlos Moreira; FRANCO, Tulio Batista . O programa Médica de Família de Niterói como estratégia de implementação de um modelo de atenção que contemple os princípios e diretrizes do SUS. PHYSIS: REVISTA DE SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p.173-191, 2007.
SANTOS, Fausto Pereira dos; MERHY, Emerson Ellas . A regulação pública da saúde no Estado brasileiro - uma revisão. INTERFACE - COMUNICACAO, SAUDE, EDUCACAO. Botucatu, v. 9, n. 18, p.25-41, jan./jun. 2006.
CAMPOS, Gastao Wagner de Sousa . O SUS entre a tradição do Sistema Nacional e o modelo liberal-privado para organizar o cuidado à saúde. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 12, n. Supl., p.1865-1874, 2007.
LUCCHESE, Patricia T. R. . Eq¨idade na gestão descentralizada do SUS: os desafios para a redução de desigualdades em saúde. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 8, n. 2, p.439-448, 2003.
FAVERET, Ana cecilia de Sa Campello . A vinculação constitucional de recursos para a saúde: avanços, entraves e perspectivas. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 8, n. 2, p.371-378, 2003.
PELLEGRINI FILHO, Alberto . Pesquisa em saúde, política de saúde e eq¨idade na América Latina. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 9, n. 2, p.339-350, 2004.
CAMPOS, Gastao Wagner de Sousa . Reforma política e sanitária: a sustentabilidade do SUS em questão?. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p.301-306, 2007.
MONNERAT, Giselle Lavinas; SENNA, Monica de Castro Maia; SOUZA, Rosimary Gonçalves de . A reorganização dos serviços de saúde no cenário local. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 7, n. 3, p.509-521, 2002.
PIERANTONI, Celia regina . As reformas do Estado, da saúde e recursos humanos: limites e possibilidades. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 6, n. 2, p.341-360, 2001.
LEVCOVITZ, Eduardo; LIMA, Luciana Dias de; MACHADO, Cristiani Vieira . Política de saúde dos anos 90: relações intergovernamentais e o papel das Normas Operacionais Básicas. CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 6, n. 2, p.269-291, 2001.
BORGES, Camila Furlanetti; BAPTISTA, Tatiana Wargas de Faria . O modelo assistencial em saúde mental no Brasil: a trajetória da construção política de 1990 a 2004. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA. São Paulo, v. 24, n. 2, p.456-468, fev. 2008.
BAPTISTA, Tatiana Wargas de Faria . Análise das portarias ministeriais da saúde e reflexões sobre a condução nacional da política de saúde. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 23, n. 3, p.615-626, mar. 2007.
VIANA, Ana Luiza d'Avila et al. Mudanças significativas no processo de descentralização do sistema de saúde no Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 18, n. Supl., p.139-151, 2002.
SENNA, Monica de Castro Maia . Eq¨idade e política de saúde: algumas reflexões sobre o Programa de Saúde da Família. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 18, n. 18 Supl., p.203-211, 2002.
MARQUES, Rosa Maria; MENDES, Aquilas . A política de incentivos do Ministério da Saúde para a atenção básica: uma ameaça a autnomia dos gestores municipais e ao princípio da integralidade?. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 18, n. Supl., p.163-171, 2002.
ALMEIDA, Celia Maria de . Eq¨idade e reforma setorial na América Latina: um debate necessário. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 18, n. Supl., p.23-36, 2002.
GIL, Celia Regina Rodrigues . Atenção primária, atenção básica e saúde da família: sinergias e singularidades do contexto brasileiro. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 22, n. 6, p.1171-1181, jun. 2006.
CHAVES, Maria de Betania Garcia; CARDOSO, Andrey Moreira; ALMEIDA, Celia . Implementação da política de saúde indígena no pólo-base Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil: entraves e perspectivas. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 22, n. 2, p.295-305, fev. 2006.
CAMPOS, Celia Maria Sivalli; MISHIMA, Silvana Martins . Necessidades de saúde pela voz da sociedade civil e do Estado. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 21, n. 4, p.1260-1268, jul./ago. 2005.
GARNELO, Luiza; SAMPAIO, Sully . Organizações indígenas e distritalização sanitária: os riscos de "fazer ver" e "fazer crer" nas políticas de saúde. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 21, n. 4, p.1217-1223, jul./ago. 2005.
BALDANI, Marcia Helena et al. A inclusão da odontologia no Programa de Saúde da Família no Estado do Paraná, Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 21, n. 4, p.1026-1035, jul./ago. 2005.
MAIA, Paulo Ricardo da Silva et al. Bases conceituais para uma estratégia de gestão: o caso da Rede Nacional de Bancos de Leite Humano. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 20, n. 6, p.1700-1708, nov./dez. 2004.
TEIXEIRA, Carmen F. et al. O contexto político-administrativo da implantação de Distritos Sanitários no Estado da Bahia, Brasil. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p.79-84, jan./mar. 1993.
SOUZA, Luis Eugenio Portela Fernandes de; CONTANDRIOPOULOS, Andre-Pierre . O uso de pesquisas na formulação de política de saúde: obstáculo e estratégias. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 20, n. 2, p.546-554, mar./abr. 2004.
CARVALHO, Sergio Resende; CAMPOS, Gastao Wagner de Sousa . Modelos de atenção à saúde: a organização de Equipes de Referência na rede básica da Secretaria Municipal de saúde de Betim, Minas Gerais. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, p.507-515, abr./jun. 2000.
ROCHA, Juan Stuardo Yazlle; SIMÕES, Breno José Guanais . Estudos da assistência hospitalar pública e privada em bases populacionais, 1986-1996. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA. São Paulo, v. 33, n. 1, p.44-54, 1999.
NARDI, Henrique Caetano; RAMMINGER, Tatiana . Modos de subjetivação dos trabalhadores de saúde mental em tempos de Reforma Psiquiátrica. PHYSIS: REVISTA DE SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p.265-287, 2007.
HUBNER, Luiz Carlos Moreira; FRANCO, Tulio Batista . O programa Médico de Família de Niterói como estratégia de implementação de um modelo de atenção que contemple os princípios e diretrizes do SUS. PHYSIS: REVISTA DE SAÚDE COLETIVA. Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p.173-191, 2007.
Atenção à saúde no Brasil - [Capitulo de Livro]
BRASIL. Ministério da Saúde . Atenção à saúde no Brasil. In:_____________. Saúde no Brasil: contribuições para a agenda de prioridades de pesquisa. Brasília: Ministério da Saúde, p.14-40, 2004.
BRASIL. Ministério da Saúde . Saúde no Brasil: contribuições para a agenda de prioridades de pesquisa. Brasília: Ministério da Saúde, 2004. 306p.
MINAS GERAIS. Secretaria de Estado da Saúde . Atenção em saúde mental - linha guia. Belo Horizonte: [s.n.], 2006. 238p.
SILVA JÚNIOR, A. G.; ALVES, C. A.; MELLO ALVES, M. G. M. . Entre tramas e redes: cuidado e integralidade. In: PINHEIRO, R.; MATTOS, R. A.. Construção social da demanda: direito à saúde, trabalho em equipe, participação e espaços públicos. Rio de Janeiro: Abrasco, p.65-112, 2005.
APOSTOLICO, Maira Rosa . Contribuição da CIPESC na execução das políticas de atenção à saúde de criança no municípo de Curitiba, Paraná. TEXTO E CONTEXTO ENFERMAGEM. Florianópolis, v. 16, n. 3, p.453-462, jul./set. 2007.
PEREIRA, Alexandre; LIRA, Geison Vasconcelos; ANDRADE, Luiz Odorico Monteiro de . A desconstrução do manicômio: a experiência de Sobral/CE. In: III Conferência Nacional de Saúde Mental. Brasilia, p.75-79, dez. 2001.
AMARANTE, Paulo Duarte de Carvalho . O homem e a serpente: outras histórias para a loucura e a psiquiatria. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 264p., 1996.
MERHY, Emerson Elias; CECILIO, Luis Carlos de Oliveira; NOGUEIRA FILHO, Roberto Costa . Por um modelo técno-assistencial da política de saúde mental em defesa da vida: contribuição para as conferências de saúde. SAÚDE EM DEBATE. , v. 33, p.83-89, 1991. Disponivel em: http://docvirt.com/docreader.net/DocReader.aspx?bib=\\Acervo01\drive_n\Trbs\FIOCRUZ_SaudeEmDebate\SaudeDebate.DOCPRO&Pasta=&PagLog=&Pesq=T%edtulo%20do%20Artigo:%20POR%20UM%20MODELO%20TECNOASSISTENCIAL%20DA%20POLiTICA%20DE%20SAuDE%20EM%20DEFESA%20DA%20VIDA:%20CONTRIBUIcaO%20PARA%20AS%20CONFEReNCIAS%20DE%20SAuDE&PagFis=
BRASIL. Ministério da Saúde . Reforma do Sistema de Atenção Hospitalar Brasileira. Brasilia: Editora MS, p.9-67, 2004.
CECILIO, Luiz Carlos de Oliveira . Uma sistematização e discussão de tecnologia leve de planejamento estratégico aplicada ao setor governamental. In: MERHY, Emerson Elias; ONOCKO, Rosana (Org.). Agir em saúde: um desafio para o público. Sao Paulo: HUCITEC, p.151-167, 1997.
MATUS, Carlos . Fundamentos da planificação situacional. In: RIVERA, F. Javier Uribe (org.). Planejamento e programação em saúde: um enfoque estratégico. Sao Paulo: Cortez, p.105-176, 1989.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Básica. Departamento de Atenção à Saúde . Política Nacional de Atenção Básica. 4. ed. Brasília: Ed. Ministério da Saúde, 2007. 68p.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização . HumanizaSUS - Política Nacional de Humanização: a humanização como eixo norteador das práticas de atenção e gestão em todas as instâncias do SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2004. 20p.
BRASIL. Ministério da Saúde . Politica Nacional de Atencao Integral a Saude da Mulher: plano de ação 2004-2007. Brasilia, 2004. 48p.
Lei nº 9.263 de 12 de janeiro de 1996 - [Documentação Jurídica]
BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos . Lei nº 9.263 de 12 de janeiro de 1996. Brasilia, 15 jan 1996. Seção 1, p.1-3
Planejamento e programação em saúde: um enfoque estratégico. São Paulo: Hucitec, 1989. 222p.
Asma na infância e adolescência - [Capitulo de Livro]
ALVES, C. R. L.; ALVIM, C. G.; FONTES, M. J. F . Asma na infância e adolescência. In: ALVES, C. R. L.; VIANA, M. R. A.. Saúde da família: cuidando de crianças e adolescentes. Belo Horizonte: Coopmed, p.193-205, 2005.
FONSECA, Rosa Godoy Serpa da Fonseca . Atenção: mulheres trabalhando (na vida, na saúde, na enfermagem). In:_____________. Mulher e cidadania na nova ordem social. Sao Paulo: NENGE/USP, 1996. p.95-110
BRASIL. Ministério da Saúde . Projeto MultiplicaSUS: oficina de capacitação pedagógica para a formulação de multiplicadores. Brasília: Ministério da Saúde, 84p., 2005.
LALONDE, Marc . A new perspective on the health of canadians: a working document. Ottawa: Government of Canada, 1974. 77p.
SANTOS, Maria Angelica Borges dos; GERSCHMAN, Silva . O Sistema Único de Saúde como desdobramento das políticas de saúde do século XX. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS. , v. 21, n. 61, p.177-227, jun. 2006.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção a Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas . Prevenção e tratamento dos agravos resultantes da violência sexual contra mulheres e adolescentes: norma técnica. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . 2. ed. atual. e ampl. Brasilia: Ministerio da Saude, 2005. 70p.Monografia (Especialização em Estratégia Saúde da Família).
BRASIL. Ministério da Saúde . Programa nacional de triagem neonatal. , jun 2010. Disponivel em: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1061
BRASIL. Ministério da Saúde . Aspectos jurídicos do atendimento às vítimas de violência: perguntas e respostas para profissionais de saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 23p.
BRASIL. Ministério da Saúde . Parâmetros técnicos para programação de ações de detecção precoce do câncer da mama: recomendações para gestores estaduais e municipais. Rio de Janeiro: INCA, 2006. 30p.
BELISÁRIO, Soraya Almeida et al. Recursos humanos e trabalho em saúde: os desafios de uma agenda de pesquisa. CADERNOS DE SAÚDE PÚBLICA. Rio de Janeiro, v. 41, n. 2, p.105-113, 2007.
CHERCHIGLIA, Mariângela Leal et al. Gênese de uma política pública de ações de alto custo e complexidade: as Terapias Renais Substitutivas no Brasil. ,
BRASIL. Ministério da Saúde . Observatório de recursos humanos em saúde no Brasil. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, v. 1, 2003. 460p.
BRASIL. Ministério da Saúde . Observatório de recursos humanos em saúde no Brasil. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, v. 2, 2004. 460p.
GONTIJO, Soraia Menezes . A implantação de um Centro de Atenção Psicossocial no município de Pompéu - MG. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Pompéu, 2010. 45f.Monografia (Especialização em Atenção Básica em saúde da Família).
Saúde bucal sob o prisma da pessoa idosa - [Trabalho de Conclusão de Curso]
CAMPOS, Anna Christina Fonseca . Saúde bucal sob o prisma da pessoa idosa. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Formiga, 2009. 22f.Monografia (Especialização em Atenção Básica em saúde da Família).
Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Construção do índice de escassez de profissionais de saúde para apoio à Política Nacional de Promoção da Segurança Assistencial em Saúde. Belo Horizonte, 2010. 71p.
CORREIA, Adélia Delfina da Motta (Org.) et al. Políticas públicas de saúde e processo de trabalho em saúde da família . Campo Grande, MS: Ed. UFMS, v. 2, 2010. 188p.
CORREIA, Adélia Delfina da Motta S. (Org.) et al. Integralidade na atenção à saúde. Campo Grande, MS: Ed. UFMS; Ed. Fiocruz, 2010. 177p.
KEINERT, Tânia Margarete Mezzomo et al. Inovação e cooperação intergovernamental: microrregionalização, consórcios, parcerias e terceirização no setor saúde. São Paulo: Annablume, 2006. 224p.
NEGRI, Barjas (Org.) et al. Recursos Humanos em saúde: política, desenvolvimento e mercado de trabalho. Campinas, SP: Unicamp, 2002. 431p.
BRASIL. Ministério da Saúde . Política de recursos humanos em saúde: seminário internacional. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2002. 184p.
SCHRAIBER, Lilia Blima (Org.) . Programação em saúde hoje. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 1993. 243p.
COTTA, Rosângela Minardi Mitre et al. Descentralização das políticas públicas de saúde: do imaginário ao real. Viçosa: Ed. UFV, 1998. 148p.
GENIOLE, Leika Aparecida Ishiyama (Org.) et al. A família e educação em saúde. Campo Grande, MS: Ed. UFMS; Ed. Fiocruz, v. 3, 2011. 187p.
STRALEN, Cornelis J. van . The struggle over a national health care system - the Movimento Sanitário and health policy making in Brazil: 1960-1990. Utrecht: Universiteit Utrecht, Faculteit Sociale Wetenschappen, 1996. 302p.
GARCIA, Márcia (Org.) et al. Políticas e gestão em saúde. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, v. 1, 2004. 128p.
GARCIA, Márcia (Org.) et al. Vigilância em saúde. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, v. 1, 2004. 136p.
BRASIL. Ministério da Saúde . Saúde no Brasil: contribuições para a agenda de prioridades de pesquisa. 2. ed. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2006. 304p.
LIMA, Nísia Trindade (Org.) . Saúde coletiva como compromisso: a trajetória da ABRASCO. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz; Abrasco, 2006. 232p.
BRASIL. Ministério da Saúde. Organização Pan-Americana da Saúde . Escolas promotoras de saúde: experiências no Brasil. Brasília: Ministério da Saúde, v. 6, 2007. 304p.
BRASIL. Ministério da Saúde. Fundação Oswaldo Cruz . Saúde da família: avaliação da implementação em dez grandes centros urbanos - síntese dos principais resultados. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 210p.
SAÚDE EM DEBATE - [Periódico]
SAÚDE EM DEBATE. Londrina: Centro Brasileiro de Estudos em Saúde, n. 26, set. 1989. Disponivel em: http://docvirt.com/asp/acervo_cebes.asp?Bib=SAUDEDEBATE&PASTA=TODOS&pesq=&x=91&y=12
LUCCHESE, Patrícia T. R. (Coord.) . A gestão compartilhada do Sistema Único de Saúde. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2003. 220p.
SAUDE EM DEBATE - [Periódico]
SAUDE EM DEBATE. (Edição Especial). Londrina: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde, jan. 1988. Disponivel em: http://docvirt.com/asp/acervo_cebes.asp?Bib=SAUDEDEBATE&PASTA=TODOS&pesq=&x=80&y=17
O que é uma política de saúde e segurança do trabalhador?(PSST). , [2006?].
MACHADO, Renata Tarbes . Um olhar sobre a dinâmica do conselho de saúde de um município da região metropolitana de Belo Horizonte/MG. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Conselheiro Lafaiete, 2012. 32f.Monografia (Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família).
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Ciência e Tecnologia . Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde. , 2006. 43p.Disponivel em: Política nacional de saúdePolítica nacional de ciência, tecnologia e inovação
Sonhos ao Vento - [Livro]
ANDRADE, Edson . Sonhos ao Vento. Brasília: Conselho Federal de Medicina, 2011. 124p.
Brasil. Ministério da Saúde. . Saúde no Brasil: contribuições para a Agenda de Prioridades de Pesquisa / Ministério da Saúde. 2.ed. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2006. 304 p.Disponivel em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude.pdf
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica . Política Nacional de Alimentação e Nutrição. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2012. 84 p.Disponivel em: http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/pnan2011.pdf
Brasil. Mato Grosso. Secretaria de Estado de Saúde . Municipalização da Vigilância Sanitária de Mato Grosso. Cuiabá: SES, 2001. 87p.
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Departamento de Apoio à Descentralização . Apoio integrado à gestão descentralizada do SUS: estratégia para a qualificação da gestão descentralizada. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2004. 22 p.Disponivel em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cd09_18.pdf
Brasil. Ministério da Saúde . HumanizaSUS: grupo de trabalho de humanização: GTH. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2004. 16 p.Disponivel em: http://dtr2001.saude.gov.br/editora/produtos/impressos/folheto/04_1161_FL.pdf
Brasil. Ministério da Saúde . HumanizaSUS: a clínica ampliada. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2004. 18 p.Disponivel em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/clinica_ampliada.pdf
Brasil. Ministério da Saúde . Humaniza SUS: gestão participativa: co-gestão. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2004. 14 p.Disponivel em: http://dtr2001.saude.gov.br/editora/produtos/impressos/folheto/04_1164_FL.pdf
Brasil. Ministério da Saúde . Humaniza SUS: acolhimento com avaliação e classificação de risco. Brasília - DF: Ministério da Saúde, 2004. 44 p.Disponivel em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/acolhimento.pdf
SILVA, Patrícia Aparecida . Diagnóstico do perfil produtivo e epidemiológico dos trabalhadores municipais de Candeias - MG. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Campos Gerais, 2014. 24f.Monografia (Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família).
SILVEIRA, Marcelo Bernardes da . Organização do processo de trabalho na Unidade de Atenção Primária no município de Canópolis - MG. Universidade Federal do Triângulo Mineiro . Uberaba, 2014. 24f.Monografia (Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família).
OITICICA, Renata Maria Bueno . Proposta de intervenção para aumento da procura da população masculina por atendimento nas Unidades de Saúde da Família de Campo Grande - AL. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Maceió, 2016. 32f.Monografia (Especialização em Estratégia Saúde da Família).
DIAS, Fábio André . Atenção Primária à Saúde: plano de ação para diminuir o índice de gravidez na adolescência, na Estratégia Saúde da Família 17 Bairro Alto da Colina em Patos de Minas/MG. Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Uberaba, 2015. 43f.Monografia (Especialização em Estratégia Saúde da Família).
LEGRA, Lesyani López . Estratégia para modificar a perceção sobre o risco de complicações cardiovascular nos pacientes com hipertensão arterial e diabetes mellitus na área de abragência da Equipe Azul, Unidade de Saúde Vale Do Sol, Ipatinga, Minas Gerais. Ipatinga, 2016. 34f.Monografia (Especialização em Estratégia Saúde da Família).
BRASIL. MInistério da Saúde . Portaria no. 2.436 de 21 de setembro de 2017. Brasília: Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, 2017.
ARAUJO, Michell Rodrigues . Mudança de modelo de atenção em saúde em uma Unidade Básica de Saúde do município de Sarzedo - Minas Gerais . Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Núcleo de Educação em Saúde Coletiva . Belo Horizonte, 2017. 71f.Monografia (Especialização em Estratégia Saúde da Família).