NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON

Referências

    PAIM, J. S.; ALMEIDA, N. A crise da saúde pública e a utopia da saúde coletiva. Salvador: Casa da Qualidade Editora, 2000. 125 p.
    Ianni, AMZ.; Quitério, LAD. A questão ambiental urbana no programa de saúde da família: avaliação da estratégia ambiental numa política pública da saúde. Ambiente & Sociedade, v. 4, n.1, p. 169-82, 2006.
    TAMBELLINI, A.T.; CâMARA, V. M. A temática saúde e ambiente no processo de desenvolvimento do campo da saúde coletiva: aspectos históricos, conceituais e metodológicos. Ciência e Saúde Coletiva, v. 3, n. 2, p. 47-59, 1198.
    LIEBER, R. R.; LIEBER, N.; AUGUSTO, L. G. S. Avaliação, Monitoramento e Prevenção de Risco Ambiental para a Saúde. Recife: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, 1999. 25 p. Texto de Apoio utilizado na Disciplina – Saúde, Ambiente e Trabalho, do Curso de Mestrado do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães.
    PAULA, J. A. Biodiversidade, população e economia: uma região de mata atlântica. Belo Horizonte: UFMG/Cedeplar, 1997.
    ORGANIZAçãO DAS NAçõES UNIDAS. Declaração de Estocolmo sobre o Meio Ambiente Humano. In: Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente Humano, 1972. Estocolmo. Anais. Disponível em: . Acesso em: 06 mai. 2010.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Instrução Normativa nº 01. Regulamenta a Portaria GM/MS nº 1.172/2004 no que se refere às competências da União, estados, municípios e Distrito Federal na área de vigilância em Saúde ambiental. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 08 mar.2005.
    BRASIL. Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Brasília, DF, 02 nov, 1981.
    ORGANIZACIóN PANAMERICANA DE LA SALUD. ORGANIZACIóN MUNDIAL DE LA SALUD. Nuestro planeta, nuestra salud. Informe de la Comisión de salud y Medio Ambiente de la OMS. Washington, DC: OPS/ OMS; 1993. Publicación científica 544.
    CETESB. Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. O Relatório de áreas Contaminadas, 2007. Disponível em: . Acesso em: 07 jul. 2009.
    Projeto Manuelzão
    LISBOA, A.H. Projeto Manuelzão. 1997. Mimeografado
    BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução nº 306 de 5 de julho de 2002. Lex: Coletânea de Legislação de direito ambiental. 4 ed. São Paulo: Revista dos tribunais, 2005.
    AUGUSTO, L. G. S.; FLORENCIO, L.; CARNEIRO, R. M.. Saúde e Ambiente na Perspectiva da Saúde Coletiva. In: ______(Org.). Pesquisa (ação) em Saúde Ambiental. Recife: Editora Universitária -UFPE, 2001. v. 1, p. 3-6.
    AUGUSTO, L. G. S. Saúde e vigilância ambiental: um tema em construção. Epidemiologia e serviços de saúde, v. 12, n. 4, p. 177-87, 2003.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Subsídios para construção da Política Nacional de Saúde Ambiental. Brasília: Ministério da Saúde, 2007. 56 p.
    ROSEN, G. Uma história da saúde pública. São Paulo: Hucitec, 1994.