NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON

Referências

    MARQUES, L. M. Prevalência e fatores associados à incontinência urinária em idosos residentes na comunidade; Ouro Preto, 2001-2003. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2005.
    CHAIMOWICZ, F.; GRECO, D. B. A dinâmica da institucionalização de idosos em Belo Horizonte. Revista de Saúde Pública, v. 33, p. 454-60, 1999.
    GOMES, G. C. A fisioterapia na instabilidade postural. In: MORAES, E.N. (Org.). Princípios básicos de Geriatria e Gerontologia. Belo Horizonte: Editora Coopmed, 2008. p. 395-403.
    CHAIMOWICZ, F. A saúde dos idosos brasileiros as vésperas do século XXI: problemas, projeções e alternativas. Revista de Saúde Pública, v. 31, n. 2, p.184-200, 1997.
    KINSELLA, K. Demographic aspects. In: EBRAHIM, S.; KALACHE, A. Epidemiology in old age. London: BMJ Publishing Group, 1996. p. 32-40.
    DUARTE, Y. A. O.; DIOGO, M. J. E. Atendimento domiciliar: um enfoque gerontológico. São Paulo: Atheneu, 2005. 630 p.
    MORAES, E. M.; MEGALE, R. Z. Avaliação da mobilidade. In: MORAES, E. N. (Org.). Princípios básicos de Geriatria e Gerontologia. Belo Horizonte: Editora Coopmed, 2008. p. 105-13.
    MACIEL, A. Avaliação multidisciplinar do paciente geriátrico. Rio de Janeiro: Revinter, 2002.
    ARRUDA, R. M. et al. Bexiga hiperativa. São Paulo: UNIFESP. Escola Paulista de Medicina, 2006. p. 1-14. Disponível em: . Acesso em: 23 de jun. 2009.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Brasil Sorridente. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. Disponível em: . Acesso em: 03 mai. 2010.
    INSTITUTO NACIONAL DO CâNCER. Câncer de boca. Rio de Janeiro: INCA, 2008. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2009.
    FABRíCIO, S. C. C.; RODRIGUES, R. A. P.; COSTA JR, M. L. C. Causas e conseqüências de quedas de idosos atendidos em hospital público. Revista de Saúde Pública, v. 38, n. 1, p. 93-9, 2004.
    McNICOLL, L.; INOUYE, S. K. Cognitive impairment and dementia. In: LANDEFELD, C. S. et al. Current geriatric diagnosis & treatment. New York: Lange Medical Books, 2004. 558 p.2
    DUARTE, Y. A. O.; LEBRãO, M. L.; LIMA, F. D. Contribuição dos arranjos domiciliares para o suprimento de demandas assistenciais dos idosos com comprometimento funcional em São Paulo. Revista Panamericana de Salud Publica, v. 17, n. 5/6, p. 370–8, 2005.
    ASSOCIAçãO BRASILEIRA DE ALZHEIMER. Cuidando de você mesmo. Disponível em: . Acesso em: 5 ago. 2009.
    ASSOCIAçãO BRASILEIRA DE ALZHEIMER. Cuidando do portador da doença de Alzheimer. Disponível em: . Acesso em: 5 ago 2009.
    TOMIKO, B. (Org.). Cuidar melhor e evitar a violência: manual do cuidador da pessoa idosa. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Subsecretaria de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, 2008. 330p.
    SINK, K. M. Delirium. In: LANDEFELD, C. S. et al. Current geriatric diagnosis & Treatment. New York: Lange Medical Books, 2004. 558 p.
    MARINHO, V. M. Depressão de início tardio. In: FORLENZA, O. Psiquiatria geriátrica: do diagnóstico precoce à reabilitação. São Paulo: Atheneu, 2007. 460 p.
    MARINHO, V. M.; LAKS, J.; ENGELHARDT, E. Depressão em idosos. In: TAVARES, A. Compêndio de Neuropsiquiatria Geriátrica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004. 690 p.
    GAZALLE, F. K.; HALLAL, P. C.; LIMA, M. S. Depressão na população idosa: os médicos estão investigando? Revista Brasileira de Psiquiatria, n. 26, p. 145-9, 2004.
    NORMAN, M. A.; WHOOLEY, M. E.; LEE, K. Depression & other mental health issues. In: LANDEFELD, C. S. et al. Current geriatric diagnosis & treatment. New York: Lange Medical Books, 2004. 558 p.
    PAES-SOUZA, R. Diferenciais intra-urbanos de mortalidade em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 1994: revisitando o debate sobre transições demográfica e epidemiológica. Cadernos de Saúde Pública, v. 18, p. 1411-22, 2002.
    LITVAK, J. El envejecimiento de la población: un desafío que va más allá del año 2000. Boletín de la Oficina Sanitaria Panamericana, v. 109, n. 1, p. 1-5, 1990.
    ELIOPOULOS, C. Enfermagem Gerontológica. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2005. 533 p.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Básica. Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. Caderno de Atenção Básica.
    PINTO, V. G. Epidemiologia das doenças bucais no Brasil. In: KRIGER, L. (Coord). ABOPREV promoção de Saúde Bucal. 2 ed. São Paulo: Artes Médicas, 1999. p. 27-41
    HERRERA JR, E. et al. Epidemiologic survey of dementia in a communitydwelling Brazilian Population. Alzheimer disease and associated disorders. v. 16, p. 103–8, 2002.
    ASSOCIAçãO BRASILEIRA DE ALZHEIMER. Estresse pessoal e emocional do cuidador. Disponível em: . Acesso em: 5 ago 2009.
    CARDOSO, F.; CAMARGOS, S. T.; SILVA JR, G. A. Etiology of parkinsonism in a Brazilian movement disorders clinic. Arquivos de neuro-psiquiatria, v. 56, p. 171-5, 1998.
    GARCIA, R.; LEME, M. D.; GARCEZ-LEME, L. E. Evolution of brazilian elderly with hip fracture secondary to a fall. Clinics (São Paulo), v. 61, n. 6, p. 539-44, 2006.
    CHAIMOWICZ, F.; COELHO, G. L. L. M. Expectativa de vida livre de incapacidade em Ouro Preto: Relatório técnico final. Brasília: CNPq, 2004.
    REYES-ORTIZ, C. A.; AL SNIH. S.; MARKIDES, K. S. Falls among elderly persons in Latin America and the Caribbean and among elderly Mexican-Americans. Revista Panamericana de Salud Pública, v. 17, n. 5-6, p. 362-9, 2005.
    QUEIROZ, Z. P. V.; LEMOS, N. F. D.; RAMOS, L.R. Fatores potencialmente associados à negligência doméstica entre idosos atendidos em programa de assistência domiciliar. Ciência e Saúde Coletiva. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2009.
    BORGES, E. L. et al. Feridas: como tratar. 2 ed. Belo Horizonte: Coopmed, 2008.
    SINAN. Ficha de notificação. Investigação individual. Violência doméstica, sexual e/ou outras violências. Disponível em: . Acesso em: 03 mai. 2010.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção a Saúde, Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde. Guia prático do cuidador. Brasília: Ministério da Saúde, 2008. 64p. Série A. Normas e Manuais Técnicos.
    CARVALHO-FILHO, ET. et al. Iatrogenia em pacientes idosos hospitalizados. Revista de Saúde Pública. v. 32, n. 1, p. 36-42, 1998.
    PASINATO, M. T.; CAMARANO, A. A.; MACHADO, L. Idosos vítimas de maus tratos domésticos: estudo exploratório das informações levantadas nos serviços de denúncia. Texto para Discussão 1200. Rio de Janeiro: IPEA, 2006.
    SIQUEIRA, A. B.; CORDEIRO, R. C. Imobilidade. In: RAMOS, L. R; TONIOLO NETO, J. Guia de Medicina Ambulatorial e Hospitalar UNIFESP - Escola Paulista de Medicina - Geriatria e Gerontologia: Editora Manole, 2005. cap. 21, p. 271.
    DIAS, R. C. et al. Incontinência Urinária. In: MORAES, E. N. (Org.). Princípios básicos de Geriatria e Gerontologia. Belo Horizonte: Coopmed, 2008. p. 423-37.
    REIS, R. B. et al. Incontinência urinária no idoso. Acta Cirurgica Brasileira, v. 18, n. 5, p. 47-51, 2003.
    SOARES, P. J. R. Inibidores seletivos da receptação da serotonina. Psychiatry on line Brasil, v. 10, n. 10, p. 01-11, out. 2005.
    TURRA, C. M.; QUEIROZ, B. L. Intergenerational transfers and socioeconomic inequality in Brazil: a first look. In: Taller sobre Transformaciones Demográficas, Transferências Intergeneracionales y Proteccion Social en América Latina, CELADE, Santiago: 2005.
    ROACH, S. Introdução à enfermagem gerontológica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 351p.
    IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2009.
    BRASIL. Lei no 10.741, de 1º de outubro de 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2009.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Levantamento das condições de saúde bucal da população brasileira – SB Brasil 2003. Brasília: Ministério da Saúde, 2003. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2009.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Levantamento epidemiológico em saúde bucal: Brasil, zona urbana, 1986. Brasília: Divisão Nacional de Saúde Bucal. Fundação Serviços de Saúde Pública, 1988. 137 p. Série C. Estudos e Projetos 4.
    MACHADO, L.; QUEIROZ, Z. P. V. Negligência e maus-tratos em idosos. In: FREITAS, E. V. (Org.). Tratado de Geriatria e Gerontologia. 2 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. p.1152-9.
    CARVALHO, J. A. M. ; GARCIA, R. A. O envelhecimento da população brasileira: um enfoque demográfico. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, p. 725-33, 2003. Disponível em: . Acesso em: 23 de jun. 2009.
    KALACHE, A.; VERAS, R. P.; RAMOS, L. R. O envelhecimento da população mundial: um desafio novo. Revista de Saúde Pública (São Paulo), v. 21, n. 3, p. 200-10, 1987.
    RAMOS, L. R. et al. Perfil do idoso em área metropolitana na região sudeste do Brasil: resultados de inquérito domiciliar. Revista de Saúde Pública, v. 27, n. 2, p. 87-94, 1993.
    LAURENTI, R.; JORGE, M. H. P. M.; GOTLIEB, S. L. D. Perfil epidemiológico da morbi-mortalidade masculina. Ciência e Saúde Coletiva, v. 10, n. 1, p. 35-46, 2005.
    KEVORKIAN, R. Physiology of incontinence. Clinics in Geriatric Medicine, v. 20, n. 3, p. 409- 25, 2004.
    BRASIL. Portaria GM/MS n. 737, Política nacional de redução da morbimortalidade por acidentes e violências, de 16 de maio de 2001. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 19 mai. 2001. Seção 1, p. 3-8.
    PERRACINI, M. R. Prevenção e manejo de quedas no idoso. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2009.
    ASSIS, M. (Org.). Promoção da saúde e envelhecimento: orientações para o desenvolvimento de ações educativas com idosos. Rio de Janeiro: CRDE/ UnATI/ UERJ, 2002. 146p.
    CASTRO, R. A. et al. Propedêutica clínica da IU de esforço. Disponível em: . Acesso em: 23 de jun. 2009.
    JAHANA, K. A.; DIOGO, M. J. D. E. Quedas em idosos: principais causas e conseqüências. Saúde Coletiva, v. 4, n. 17, p. 148-53, 2008.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência à Saúde. Redes Estaduais de Atenção à Saúde do Idoso: Guia operacional e portarias relacionadas. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.
    NARVAI, P. C.; ANTUNES, J. L. C. Saúde bucal: a autopercepção da mutilação e das incapacidades. In: LEBRãO, M. L.; DUARTE, Y. A. O. (Org.). SABE - Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento - o projeto Sabe no município de São Paulo: uma abordagem inicial. Brasília: Organização Pan-Americana de Saúde, 2003. p. 119-140.
    SALDANHA, A. L.; CALDAS, C.P. (Org.). Saúde do idoso: a arte de cuidar. 2 ed. Rio de Janeiro: Interciência, 2004. 399 p.
    CIANCIARULLO, T. I. et al. Saúde na família e na comunidade. São Paulo: Robe Editorial, 2002. 398 p.
    OMRAN, A. R. The epidemiologic transition: a theory of the epidemiology of population changes. The Milbank Memorial Fund Quarterlym, v. 49, n. 4, p. 509-38, 1971.
    GRUENBERG, E. M. The failures of success. The Milbank Memorial Fund Quarterly, v. 55, n. 1, p. 3-24, 1977.
    BROWN, J. S. et al. The sensitivity and specificity of a simple test to distinguish between urge and stress urinary incontinence. Annals of Internal Medicine, v. 144, n. 10, p. 715-23, 2006.
    PAIXãO JR, C. M.; REICHENHEIM, M. E. Uma revisão sobre instrumentos de rastreamento de violência doméstica contra o idoso. Cadernos de Saúde Pública, v. 22, n. 6, p.1137-49, 2006.
    MORLEY, JE. Urinary incontinence and the community-dwelling elder: a practical approach to diagnosis and management for the primary care geriatrician. Clin Geriatr Med, v. 20, n. 3, p. 427-35, 2004.
    CUNHA, U. G. V. et al. Uso de digital em idosos admitidos em unidade de geriatria de um hospital geral. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. v. 71, n. 5, p. 695-8, 1998.
    MINAYO, M. C. S. Violência contra idosos: relevância para um velho problema. Cadernos de Saúde Pública (Rio de Janeiro), v. 19, n. 3, p.783-91, 2003.
    WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO global report on falls prevention in older age. Geneva: World Health Organization, 2007, 47p.