NESCON MEDICINA UFMG Homepage NESCON

Referências

    FRENCKEN, Jo. E.; HOLMGREN, C. A técnica ART passo a passo. In: FRENCKEN, Jo. E.; HOLMGREN, C. Tratamento Restaurador Atraumático (ART) para a cárie dentária. São Paulo: Editora Santos, 2001, cap. 4, p. 41-54.
    COLUSSI, C. F.; FREITAS, S. F. T. Aspectos epidemiológicos da saúde bucal do idoso no Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 18, n. 5, p. 1313-1320, 2002.
    Assistência a Saúde
    MINISTERIO DA SAÚDE. Assistência a Saúde. 2005. Disponível em Acesso em 21 maio. 2005.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica . Atenção à demanda espontânea na APS. Brasília, 2010. 298p. (Série A. Normas e Manuais Técnicos) (Cadernos de Atenção Primária, n. 28)
    MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Saúde. Atenção a saúde do idoso. Belo Horizonte: SAS/MG, 2006. 186p.
    MINISTÉRIO DA SAÚDE. Brasil Sorridente. Brasília, 2005. disponível em: . Acesso em 27 maio 2005.
    MINISTÉRIO DA SAÚDE. Condições de saúde bucal da População Brasileira 2002-2003. Resultados Preliminares, Brasília, 2004, 67p.
    LIMA COSTA MF; BARRETO S; Giatti L. Condições de saúde, capacidade funcional, uso de serviços de saúde e gastos com medicamentos da população idosa brasileira, um estudo descritivo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Cadernos de Saúde Pública, 2003, 19(3):735-743.
    CHAIMOWICZ, F.; GRECO, D. B. Dinâmica da institucionalização de idosos em Belo Horizonte, Brasil. Revista de Saúde Pública, v.33, n.5, p.454-460, out. 1999.
    ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. El éxito en la lucha contra las enfermedades infecciosas y el envejecimiento de la población modifican el perfil epidemiológico mundial de la ceguera. 2004. Disponível em Acesso em: 15 maio. 2005.
    WATTS, R. G. Emerging theories into the social determinants of health: implications for oral health Promotion. Community Dent Oral Epidemiol 2002: 30: 24.
    ALMEIDA FILHO, N. Epidemiologia & Saúde. Rio de Janeiro: Medsi. 2003. cap.16, p. 499-513.
    PINTO, V. G. Epidemiologia das doenças bucais no Brasil. In: KRIGER, L. (coord). ABOPREV promoção de Saúde Bucal 2. ed. São Paulo: Artes Médicas, 1999, cap. 2, p.27-41.
    RAMOS, L. R. Fatores determinantes do envelhecimento saudável em idosos residentes em centros urbanos: projeto epidoso. São Paulo. Cadernos de Saúde Pública.v.19, n.3, 793-797, 2003.
    BRASIL. Política Nacional do Idoso. Lei nº 8842 de 4 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a política nacional do idoso, cria o conselho nacional do idoso e dá outras providências. Disponível em Acesso em: 26 de maio de 2005.
    ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. Levantamento Epidemiológico Básico de saúde Bucal: Manual de Instruções 4ª ed. Editora Santos, 1999, 53 p.
    MINISTÉRIO DA SAÚDE. Levantamento epidemiológico em saúde bucal: Brasil, zona urbana, 1986. Divisão Nacional de Saúde Bucal & Fundação Serviços de Saúde Pública. Série C, Estudos e Projetos, 4 Brasília, 1988. 137 p.
    CHAIMOWICZ, F. Os idosos brasileiros no século XXI. Belo Horizonte: Postgraduate. 1998. p. 17-92.
    FREITAS, E. V.; MIRANDA, R,D. Parâmetros Clínicos do envelhecimento e avaliação geriátrica ampla 2006. In: FREITAS, E. V.; Py. L., CANçADO F. A X.; DOLL J.; Gorzone, M. L. Tratado de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, Capítulo 93, p.900-09, 2006.
    BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica . Rastreamento. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. 95p. (Série A. Normas e Manuais Técnicos) (Cadernos de Atenção Primária, n. 29)
    PINTO, V. G. Saúde bucal na terceira idade. RGO. v.41, n.2, p.97-102, mar-abr. 1993.
    ARAÚJO, S. S. C.; FREIRE, D. B. L.; PADILHA, D. M. P.; BALDISEROTTO, J. Suporte social, promoção de saúde e saúde bucal na população idosa no Brasil. Interface – Comunic, Saúde, Educ. v.9, n. 18, p. 203-216, jan/jun, 2006.
    BARBATO PR, MULLER NAGANO HC, ZANCHEt FN, Boing AF, Peres MA (2007) [Tooth loss and associated socioeconomic, demographic, and Dental-care factors in Brazilian adults: an analysis of the Brazilian Oral Health Survey, 2002-2003]. Cad.Saúde Publica 23, 1803-1814.